Intensa, preguiçosa, ciumenta e apaixonada pelo amor, e por toda confusão que ele me causa. Tagarela, carinhosa, e um pouco maluca. Particularmente eu tenho muita paciência pra umas coisas, pra outras não. Não sou de esperar o tempo ajeitar as coisas, porque no fundo nunca acreditei nessa idéia de que o tempo muda, o tempo cura. Sempre fui de correr atrás das coisas que desejo. Tenho mania de guardar papéis, cartas e coisas que me façam lembrar de coisas, ou de pessoas. Sonho demais, e as vezes demoro a voltar pra realidade, rs. Gosto do impossível, tenho medo do provável, dou risada do ridículo e choro porque tenho vontade, mas nem sempre tenho motivo. Tenho um sorriso confiante que as vezes não demonstra o tanto de insegurança por trás dele. Sou inconstante e talvez imprevisível. Não gosto de rotina. Eu amo de verdade aqueles pra quem eu digo isso. Prazer, Thainá/Thay. - foco,força&fé!

 

Nunca tive medo de ser ridícula. Acho até atraente quem não tem esse medo. As mulheres ainda são vistas como objetos por grande parte da mídia. Elas querem ser reconhecidas pela beleza, pelo corpo e, por causa, disso algumas esquecem de ser engraçadas.

Clarice Falcão (via alentador)

(Fonte: oceano-doce)

Você tem medo de dar certo em algum momento, porque o seu forte é dar errado.

Robin and Stubb.   (via subalternos)

(Fonte: rebecalemos)

Há pessoas que simplesmente aparecem em nossas vidas e nos marcam para sempre.

Cecília Meireles.    (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)

(Fonte: auroriar)